terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Nascimento do João

Aqui vai mais uma atribulada história de um nascimento, como a médica da Ritinha diz
- “Rapariga não tens jeito para ter partos normais.

Tudo começou numa noite de quinta-feira, à noitinha antes de dormir a Rita diz-me que tem contracções, mas que ainda estão muito espaçadas. Com o decorrer da noite elas foram ficando menos espaçadas e mais intensas então, logo pela manhã, toca a ir para a maternidade Magalhães Coutinho. Depois de a Ritinha ser inspeccionada comunicaram-lhe que iria ter ordem de internamento, isto foi às 8:30 da manhã. E pronto, lá fomos nós para um quarto escuro com a Ritinha a soro e, a criar ambiente, um a música de fundo da máquina do CTG. Claro que a sala de espera da maternidade (que é as das urgências) já contava com vários membros da família.

Depois de muito esperar, mais contracção menos contracção, mais espaçada menos espaçada, as águas decidiram rebentar às 17:00. A Ritinha foi analisada e o pessoal médico fez cara de caso, toca a ir buscar um ecógrafo para verificar a posição do rapaz. Pois bem, o rapaz estava de cara e não de cabeça, resultado, cesariana de urgência (até passou à frente de outra futura mãe) devido a ser de risco, isto às 18:30.

Nesta altura os pais da Rita já tinham ido embora pois alguém tinha de ir buscar o Afonso e dar-lhe de jantar. Mas como o irmão da Rita ia receber uma medalha da câmara de Cascais numa cerimónia no Casino do Estoril os meus pais depois também tinham de ir buscar o Afonso a casa dos pais da Rita. Às 19:30 ainda não sabíamos se tinha nascido ou não e só sobrava eu na sala de espera mais os tios da Rita (Jaime e Mila). Como nunca mais nos chamavam eu perguntei a uma enfermeira do bloco se tudo tinha corrido bem, ela disse que sim e que não tardava iriam nos chamar.

Chamaram-nos às 20:30 (o João nasceu às 19:27, 3.115Kg e meio metro de gente) subimos e fomos ver o João. A Enfermeira vira-se para mim e diz – “A Pediatra já falou consigo?” , eu respondo – “Não porquê? Passa-se alguma coisa com a Rita ou o Bebé?”, ela diz –“É que ele está inchado e com cortes porque foi uma cesariana muito difícil, tiveram que usar ferros para o tirar devido à posição em que estava, mas isto passa daqui a 2 ou 3 dias.” … ufa, menos mal, de repente o céu tinha-me caído em cima da cabeça.

Às 21h lá me juntei à Ritinha e ao João no bloco de internamento da maternidade.

4 comentários:

Nucha disse...

Muitos parabéns!! Que vos corra tudo pelo melhor aos 4!
(Vê-se mesmo que este texto foi escrito pelo Pai: a Rita foi "inspeccionada"?!)

María&Peste disse...

Muitos, muitos Parabéns (agora por escrito) aos Papás babados!

Inspeccionada? Oh, Marco LOL LOL LOL

O João é lindo :)

E o Afonso, como está? Está a reagir bem ao mano? Deve ser só festinhas :)

Bjnhos grandes e tudo a correr bem com os 4!

baby Just disse...

Muitos muitos muitos parabéns, fiquei tao contente com a notícia... Um beijinho muito grande e toda a felicidade possível aos 4
Patrícia

Vi disse...

Muitos Parabéns!!!
Um dia complicado mas que é superado com essa coisinha mais linda!!! Muitas felicidades e rápida recuperação para a Rita!
Beijinhos