domingo, 22 de junho de 2008

Faltam 2 semanas

Faltam apenas 2 semanas, ou seja 14 dias, ou seja 336 horas, ou seja 20160 minutos para começar a trabalhar e ter de deixar os meus meninos.
Falo no plural, porque para além de deixar de estar 24 horas sempre com o João, tb vou deixar de estar tanto tempo com o Afonso como tenho estado desde que entrei de baixa um mês antes do João nascer...
É uma contagem decrescente que me corta o coração aos bocadinhos e me deixa com um humor horrível. A grande vítima deste humor é o meu amor... que tem tanta paciência para mim e a quem eu agradeço de todas as formas possíveis.
Custa-me imenso pensar que vou deixar de assistir a todos os desenvolvimentos do João e que já não vou partilhar o meu dia com este bebé tão lindo e simpático que temos.
Dói-me muito pensar que o Afonso terá de entrar num regime horário mais rígido e que estarei menos tempo por dia com ele, não sabendo sequer se conseguirei ter os nossos momentinhos diários de brincadeira antes do banho e do jantar.
Só pensar nisto e escrever este post dá-me um nó na garganta...
Infelizmente a vida não pára e o relógio faz tic-tac continuamente, por isso dia 7 de Julho lá me apresentarei ao meu chefito e uma nova etapa irá começar para esta família que se adora e que é super feliz!

6 comentários:

Nostálgica disse...

Aproveita bem o tempo que falta..:)
um bjnho.

Silvia disse...

Ao ler o teu post o meu coração também se apertou, conheço bem essa sensação... Mas deixa de pensar nisso agora senão não aproveitas como devias estas últimas semanas e eles também vão notar...
Beijinhos e tudo de bom.

Maria José disse...

Aí Meu Deus e eu também tenho de deixar a minha princesa, e não querooooo. e já falta tão pouco, temos de aproveitar bem
bjs

Patrícia M disse...

Como eu ainda tenho bem presente esse sentimento...

Do segundo custou-me muito mais iniciar o trabalho e digo sem dramas que só fui porque a vida assim me obriga! Se pudesse (mas tinha que poder MESMO) , não ia... pelo menos tão cedo!

Coragem amiga... Coragem!!

María&Pezucos disse...

Imagino como te sentes, até me deu dores de barriga ao ler estas palavras....
Mas não podes focar o teu pensamento nisto, tens de aproveitar ao máximo o tempo que tens agora para os dois e aproveitar para saír e passear com eles :)
Quando quiseres companhia para o parque já sabes, o Peste adora :)

Bjnhos muito grandes e quando te der a neura, liga-me!

Nucha disse...

Pois não é nada fácil... a mim custou-me, aliás, ainda está a custar, horrores! Felizmente, mais por mim que por ela, que está bem :)

Beijinhos